Revista Letras

A Revista Letras, ligada aos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Letras da UFPR, é um periódico semestral (com números em junho e dezembro), voltado para as áreas de linguística, literatura e letras em geral. 

QUALIS Capes A2.


Imagem para capa da revista

Notícias

 

Chamada temática para o n. 94 (2016): Tempo e tradução

 

Tempo e Tradução

Organização de Maurício Cardozo (UFPR) e Viviane Veras (UNICAMP)

 

Falar de tempo e tradução é falar das coisas mais diversas. É falar das especificidades temporais e aspectuais de línguas diferentes e das implicações dessas diferenças na construção do(s) tempo(s) narrativo(s) de determinada tradução, mas é também falar do tempo e da vida empenhada na realização de determinado encargo tradutório. É falar da prática da tradução e do pensamento tradutório nas épocas mais distintas, mas também de suas transformações ao longo dos tempos. Falar de tempo e tradução é falar da tradução feita inexoravelmente em seu tempo, mas também do(s) tempo(s) que cada tradução não é capaz de deixar de reinventar. É falar dos tempos da tradução, dos tempos na tradução, do tempo em tradução e de um tempo de tradução.

 

Especialmente no campo da tradução literária, são emblemáticas da relação entre tempo e tradução discussões que naturalizam certa efemeridade e datação do texto traduzido, em oposição a uma suposta perenidade do original, mas há também aquelas que reconhecem na tradução uma forma de rejuvenescimento das obras traduzidas e de desdobramento da vida de um original. Há discussões centradas nas relações temporais de determinados modos de traduzir e em suas implicações na recepção do texto traduzido. Há discussões em torno da contemporaneidade e da extemporaneidade de determinadas traduções, assim como sobre seu impacto no processo histórico de construção e formação de um padrão estético, de um cânone, de uma literatura. E várias dessas discussões, não raro, organizam-se, mais ou menos explicitamente, em torno de uma questão cada vez mais candente na área dos Estudos da Tradução: a do(s) tempo(s) da retradução.

 

Nas últimas décadas, a partir do forte processo de institucionalização do campo dos Estudos da Tradução e da crescente profissionalização da atividade de tradutor, tornou-se cada vez mais imperativo, num horizonte de interesses que cobre todo o campo das Humanidades, discutir a questão do lugar da tradução, do lugar do tradutor, assim como a questão da tradução como disseminadora e fundadora de lugares − políticos, linguísticos, culturais, ideológicos. Nesse movimento, no entanto, diferentes vertentes do pensamento tradutório tradicional e contemporâneo passam mais decisivamente pelo como, onde, de onde e para onde, do que pelo quando da tradução, mesmo quando se trata de discutir centralmente a questão do tempo. Se essa tendência espacializadora se mostra tão presente na discussão da tradução – como em tantos outros âmbitos de discussão da condição humana –, eis aí mais uma razão para problematizarmos sua dimensão temporal.

 

Este número temático da Revista Letras abre espaço para a reflexão sobre os diversos caminhos que se abrem a partir da relação entre tempo e tradução, explorando as possíveis figurações do tempo no pensamento contemporâneo sobre a tradução, bem como suas implicações teóricas e críticas para a tradução, em geral, e para a tradução literária, em particular.

As submissões de textos devem ser realizadas até 15 de outubro de 2016 pelo sistema online da Revista Letras, e seguir as regras disponíveis aqui: http://ojs.c3sl.ufpr.br/ojs2/index.php/letras/about/submissions

 
Publicado: 2016-03-24
 
Outras notícias...

v. 93 (2016)

Edição completa

Ver ou baixar a edição completa PDF

Sumário

Alexandre Nodari
PDF

Estudos Literários

Larissa Drigo Agostinho
PDF
Maria Salete Borba
PDF
Jorge Hoffmann Wolff
PDF
Vinícius Honesko
PDF

Estudos Linguísticos

Clara Regina Rodrigues de Souza, Williany Miranda da Silva
PDF
José Geraldo Marques
PDF
Talita Storti Garcia, Mariana Alves Machado Pelegrini Felipe
PDF
Angélica Karim Garcia Simão
PDF
César Reis, Izabella Malta, Crysttian Paixão
PDF
Gean Nunes Damulakis
PDF
Suzi Oliveira Lima, Ana Paula Quadros Gomes

Resenhas

Luiz Arthur Pagani
PDF

Dossiê: Por uma análise naturalista da narrativa - Mente, evolução, cognição e linguagem

Pedro Dolabela Chagas
PDF
Eduardo Vicentini de Medeiros
PDF
Caetano Waldrigues Galindo
PDF
Diogo de França Gurgel
PDF
Adelaide Hercília Pescatori Silva
PDF
Rodrigo Bueno, Maurício Benfatti, Elena Godoy
PDF
Pedro Dolabela Chagas
PDF
Nazareno Eduardo de Almeida
PDF
Gabriel José Corrêa. Mograbi
PDF