Open Journal Systems

O QUE QUEREM OS ALUNOS QUE CURSAM UMA ESPECIALIZAÇÃO A DISTÂNCIA? UM ESTUDO SOB A LUZ DA TEORIA DA AUTODETERMINAÇÃO

Caio Cesar Violin de Alcantara, Iasmini Magnes Turci Borges, Juliane Andressa Pavão

Resumo


Este estudo tem por objetivo verificar o nível motivacional dos alunos com relação a realização de uma especialização EaD na Universidade Estadual de Maringá (UEM). A pesquisa tem caráter descritivo, com abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada com a aplicação de questionários aos alunos dos cursos de especialização oferecidos pela UEM, e contou com a participação de 320 respondentes. O questionário utilizado na pesquisa foi estruturado com base na Escala de Motivação Acadêmica (EMA), desenvolvida por Vallerand et al. (1992), que faz uso de conceitos da Teoria da Autodeterminação. A partir dos achados, verificou-se que, em geral, os alunos de especialização EaD apresentam prazer e interesse em buscar novos conhecimentos, estando intrinsecamente motivados em realizar um curso de especialização EaD da UEM. Além disso, demonstraram ter interesse em manter contato com o meio acadêmico, sendo este um fator preponderante na escolha dos respondentes por realizar o curso. O estudo contribui ao evidenciar que os alunos de especialização latu sensu a distância estão motivados com o curso. Destaca ainda a que a motivação possui origem no prazer e na satisfação de aprender coisas novas.


Palavras-chave


Motivação; Especialização EaD; Escala de Motivação Acadêmica; Teoria da Autodeterminação.

Texto completo:

PDF|48-62|


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rcc.v12i1.73204