Projetos nas escolas: uma política de secundarização da especificidade do trabalho escolar

Cristina Cardoso

Resumo



O presente estudo analisou projetos e seu impacto na organização do trabalho pedagógico nas escolas de Araucária. A presença de projetos nas escolas demonstrou que estes promovem a fragmentação do trabalho pedagógico e secundarizam o acesso ao conhecimento erudito. Os projetos são resultado da pulverização das políticas públicas que substituem o planejamento por uma lista de projetos com ações pontuais, o que abre espaço para atuação de empresas e ONG na escola, com interesses antagônicos aos dos filhos da classe trabalhadora.

Palavras-chave


Políticas Públicas; Projetos; Educação Básica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/jpe.v3i6.20531

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Publicado pelo Núcleo de Políticas Educacionais (NuPE) e pela linha de pesquisa em Políticas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFPR), da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Published by Educational Policies Research Centre (NuPE) and by Educational Policy Research Group at Graduate Program in Education (PPGE / UFPR), Federal University of Paraná (UFPR), Brazil.

Contatos: +55 41 35356264

E-mail: jpe@ufpr.br