Revista da Faculdade de Direito UFPR

Promovendo um alto nível de pesquisa na esfera jurídica brasileira desde 1953, a Revista da Faculdade de Direito UFPR é um dos mais antigos periódicos dedicados ao Direito no Brasil, e tem sido extremamente bem-sucedida em combinar tradição e inovação. De fato, por mais de sessenta anos a Revista tem respeitado seu passado, assim como tem sido um local para discussão de ideias e conceitos inovadores. Distingue-se, assim, não apenas pela qualidade excepcional, advinda de vasta experiência, mas também pelo pensamento progressista e disposto a dialogar com proposições inéditas. Tal singularidade é reconhecida e classificada com o estrato A2 (Direito) pelo Qualis (conjunto de procedimentos utilizados pela Capes – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação <http://qualis.capes.gov.br/webqualis/principal.seam>) e está em constante processo de aperfeiçoamento.

 

Providing the Brazilian legal field with a high level of legal research since 1953, Revista da Faculdade de Direito UFPR (UFPR Law School Review) is one of the oldest journals dedicated to law in Brazil, and has been extremely successful in bringing tradition and innovation together. Indeed, for more than sixty years it has been respectful to its past, as well as a place to discuss innovative concepts and ideas. This makes it distinguished, not only due to its exceptional quality, coming from its wide experience, but also due to its open-minded thought and will to get in touch with original propositions. This remarkable uniqueness is recognized and classified by Qualis¹ as A2 – LAW (CAPES – rating of scientific journals – <http://qualis.capes.gov.br/>), and it is still increasing.

¹ Qualis is a set of procedures used by Capes (Brazilian Federal Agency for the Support and Evaluation of Graduate Education) for stratifying the quality of intellectual output of postgraduate programs.

 


Imagem para capa da revista

 Indexada em:

Notícias

 

Chamada para submissão de artigos / Convocatoria para enviar artículos / Call for papers

 

Chamada para submissão de artigos

 

A Revista da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná, como um centro de pesquisa dedicado à discussão de ideias e conceitos inovadores em matéria de direito, convida a comunidade científica e acadêmica a submeter artigos originados de pesquisa sobre o PROCESSO DE PAZ NA COLÔMBIA, com vistas à publicação na primeira edição de 2017.

O conflito armado colombiano é o mais longo da história da América, perdurando 52 anos. De acordo com o Centro Nacional de Memória Histórica (Colômbia), deixou, até o momento, quase sete milhões de deslocados, 45 mil desaparecidos, 27 mil sequestrados e 220 mil mortos. (Disponível em: <https://goo.gl/QQic0F>)

A fim de acabar com o conflito armado foi assinado oficialmente, em 26 de setembro de 2016, em Cartagena das Índias, o primeiro acordo de paz entre o governo de Juan Manuel Santos e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), o qual foi submetido ao povo colombiano, para referendo, em 2 de outubro desse ano. Contudo, o acordo não foi aprovado por 50,22% da população, o que representa uma pequena diferença, de 0,5 ponto percentual, entre os colombianos pró e contra o acordo de paz.

Assim, convidamos a comunidade científica a refletir sobre as razões políticas, legais e sociais que levaram a sociedade colombiana a não referendar o acordo de paz alcançado entre o governo colombiano e as FARC.

Links para submissão de artigos / orientações aos autores: https://goo.gl/M38jx2 https://goo.gl/koJEEv

 

Data limite para submissão de artigos: 20 de fevereiro de 2017 (Por favor, após o título do artigo, informe: “Edição Temática – 2017”).

 

Convocatoria para enviar artículos

 

La Revista da Faculdade de Direito UFPR (Revista de la Facultad de Derecho de la Universidad Federal del Paraná), como centro de investigación dedicado a la discusión de ideas y conceptos innovadores en Derecho, invita a la comunidad científica y académica a enviar artículos resultado de investigación sobre el PROCESO DE PAZ EN COLOMBIA para su publicación en la primera edición de 2017.

El conflicto armado colombiano es el conflicto más prolongado de América, con una duración de 52 años. Según datos del Centro Nacional de Memoria Histórica, hasta el momento ha dejado aproximadamente sete millones de desplazados, 45.000 personas desaparecidas, 27.000 personas secuestradas y 220.000 personas muertas. (Disponible en: <https://goo.gl/QQic0F>)

Con el fin de terminar el conflicto armado, el pasado 26 de septiembre de 2016 se firmó oficialmente en Cartagena de Indias, el primer acuerdo de paz entre el Gobierno de Juan Manuel Santos y las Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia (FARC); el cual debía ser avalado por el pueblo colombiano mediante plebiscito el 02 de octubre de 2016. El acuerdo no fue avalado por el 50,22% de los colombianos, lo que representa una diferencia menor del 0,5 porcentual entre los colombianos a favor y en contra del Acuerdo de Paz.

De esta forma, se invita a la comunidad científica a reflexionar sobre las razones políticas, jurídicas y sociales que impidieron que la sociedad en conjunto avalara el Acuerdo de Paz alcanzado entre el Gobierno colombiano y la guerrilla de las FARC.

Links para enviar artículos / instrucciones a los autores: https://goo.gl/M38jx2 https://goo.gl/koJEEv

 

Plazo límite de presentación de artículos: 20 de febrero de 2017 (Por favor, después del título del artículo, informe: “Edición Temática – 2017”).

 

Call for papers

 

The Revista da Faculdade de Direito UFPR (UFPR Law School Review), as a research center dedicated to the discussion of innovative ideas and concepts in Law, invites the scientific and academic community to submit research articles, to be published in the 1st issue of 2017, on the PEACE PROCESS IN COLOMBIA.

The Colombian armed conflict is the longest one in America – it has endured for 52 years. According to data from the Colombia’s National Centre for Historical Memory, so far it has left nearly seven million people displaced, 45,000 missing, 27,000 abducted, and 220,000 killed. (Available from <https://goo.gl/QQic0F>)

In order to end the armed conflict, on September 26, 2016, a first peace agreement between the government of Juan Manuel Santos and the Fuerzas Armadas Revolucionarias de Colombia (Revolutionary Armed Forces of Colombia – FARC) was officially signed in Cartagena (CO). This was to be ratified by the Colombian people in a public referendum on October 2, 2016. However, the agreement was not endorsed by 50.22% of the voters, which represents a minor difference, of just 0.5%, between Colombians for and against the peace agreement.

In this way, we invite the scientific community to reflect on the political, legal, and social reasons that have led Colombian society not to endorse the peace agreement reached between the Colombian government and the FARC.

Links to submit articles / author’s guidelines: https://goo.gl/M38jx2 https://goo.gl/koJEEv

 

Deadline for submission of articles: February 20, 2017 (Please leave a note, following the title of the article: “Thematic Edition – 2017”).

 
Publicado: 2016-12-02
 
Outras notícias...