Open Journal Systems

UMA ANÁLISE QUALITATIVA DO PROCEDER SÓCIO-INTERACIONISTA DE VYGOTSKY SOB A ÓTICA DOCENTE EM CONTABILIDADE

Jorge Expedito de Gusmão Lopes, Marcos Gilson Gomes Feitosa, Aldemar de Araújo Santos, José Francisco Ribeiro Filho, Marcleide Maria Macêdo Pederneiras, Carlos Bezerra

Resumo


RESUMO - A partir deste pressuposto, deve-se refletir o ensino em Contabilidade sob uma nova visão educacional, embasada em uma forma de aprendizagem não mais tecnicista ou de repasse do conhecimento. Mas sim, sob uma teoria o qual faz do professor não um ser repassador de seus conhecimentos, porém um instigador do seu aluno do aprender a aprender, a Teoria Sócio-Interacionista de Vygotsky. Adotou-se como objetivo do presente estudo evidenciar a presença do sócio-interacionismo de Vygotsky na construção do conhecimento promovidos pelos docentes dos cursos de Ciências Contábeis nos Estados da Paraíba e Pernambuco. Refletiu-se sobre a contribuição de Lev Semenovich Vygotsky, alicerçado principalmente nos pressupostos dos agentes culturais como peças imprescindíveis para a construção pessoal do conhecimento. No tocante a este estudo, lançou-se mão do método indutivo, sendo a tipologia desta investigação baseada em pesquisa bibliográfica e classificada como qualitativa, pois buscou descrever a experimentação estudada. Concluiu-se que o professor, agente ativo da promoção do conhecimento, tem por finalidade construir um "ambiente construtivista" de ensino, apregoadas por Vygotsky, ambiente este o qual realmente conscientize-se da importância do "educador-educando", com estratégias e procedimentos claros, utilizando-se de trabalhos em grupo e possuindo uma relação pedagógica de ensino

Palavras-chave


Interacionismo. Didática. Educação Contábil. Conhecimento.

Texto completo:

PDF | 135 - 163 |


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rcc.v1i2.16239