Open Journal Systems

UMA ANÁLISE MULTIVARIADA DOS INVESTIMENTOS EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO COMO POSSÍVEIS PREDITORES DA RENTABILIDADE FUTURA DE EMPRESAS ABERTAS BRASILEIRAS

Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo, Ana Paula Capuano da Cruz, Robert Armando Espejo

Resumo


Este estudo foi desenvolvido com a finalidade de verificar se os investimentos em pesquisa e desenvolvimento podem ser explorados como preditores empíricos da rentabilidade futura de empresas brasileiras com ações negociadas na BOVESPA [2004-2005]. Trata-se de um estudo estatístico, de natureza formal, causal e ex post facto, desenvolvido em ambiente de campo por meio de um corte transversal de evento. As informações relativas as 30 empresas estudadas foram obtidas junto ao banco de dados da Economática®. Os resultados apontam que, em ambos os modelos testados, a hipótese de que a rentabilidade futura da empresa (modelo contábil e modelo de mercado) aumenta em virtude de investimentos atuais em pesquisa e desenvolvimento deve ser rejeitada. Por fim ressalta-se que os achados desse estudo não podem servir de base a inferências relativas a outras organizações, todavia, a apresentação de informações empíricas contribui sobremaneira à pesquisa contábil brasileira.


Palavras-chave


Rentabilidade Futura. Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Modelo de Mercado.

Texto completo:

PDF | 230 - 244 |


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rcc.v1i3.20665