Open Journal Systems

A INSTITUCIONALIZAÇÃO DO USO DE RECURSOS ÁUDIOVISUAIS EM SALA DE AULA

Janes Mendes Ferreira, Marystela Assis Baratter, Mayla Cristina Costa, Ricardo Engelbert

Resumo


Grande parte das instituições de ensino superior passou a adotar o uso dos recursos áudio-visuais em sala de aula por ser considerado por muitos atores ligados à educação como um facilitador e acelerador do processo de ensino. O uso de tais recursos é também legitimado pelo Ministério da Educação, ao aceitá-lo como critério positivo nos seus processos de avaliação. No entanto, poucos estudos são conduzidos com o intuito de constatar a eficiência do uso desse recurso e a sua influência na motivação e desempenho do estudante. Diante do exposto, o objetivo deste artigo é verificar como os estudantes têm utilizado tais recursos áudiovisuais em sala de aula e a importância que é a ele atribuído. A pesquisa tem como pano de fundo a teoria institucional de base sociológica e a amostra foi composta por 90 alunos dos cursos da área de ciências sociais aplicadas e os resultados foram tratados estatisticamente pelo software SPSS, por meio de teste estatístico paramétrico. Os resultados encontrados no presente pesquisa, claramente apontam para a institucionalização do uso dos recursos audiovisuais em sala de aula. No entanto, os mesmos resultados apontam para uma falha no sistema, pois o estudante passa a considerar aquele conhecimento em tópicos (característico das apresentações), e muitas vezes parcial, como suficiente para sua formação.


Palavras-chave


Educação. Tecnologia. Institucionalização.

Texto completo:

PDF | 81 - 94 |


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rcc.v2i3.20661