Open Journal Systems

ENSINO DE ENFERMAGEM EM PORTUGAL: CONTRIBUTOS PARA A SUA HISTÓRIA

Felismina Rosa Parreira Mendes, Maria de Fátima Mantovani

Resumo


Trata-se de uma reflexão sobre o ensino de Enfermagem em Portugal. O objetivo foi identificar os marcos
históricos centrais da evolução do ensino de Enfermagem em Portugal até finais do século XX. A enfermagem neste país
nasceu sob o domínio da profissão médica e atrelada a hospitais, onde sempre esteve atrelada. Durante a maior parte do
século 20, foi encarada como profissão de abnegadas e submissas a desempenhar tarefas auxiliares do médico e com
formação em nível de ensino básico. Com a Revolução dos Cravos, em 1974, a profissão passou a ter três níveis, sendo
exigida maior escolaridade para frequentar o curso, com vistas a preparar enfermeiros para participarem do planejamento
do país. Com a criação da Ordem dos Enfermeiros, a enfermagem e o ensino ganharam estatuto e foram se autonomizando
do poder médico. Um outro passo decisivo nessa direção foi dado em 1999 quando o ensino de enfermagem se tornou,
definitivamente, de nível superior.

Palavras-chave


Ensino; História; Prática profissional; Enfermagem; Teaching; History; Professional practice; Nursing; Enseñanza; Historia; Práctica profesional; Enfermería

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v14i2.15632