Open Journal Systems

Aplicação de Modelos de Previsão de Insolvência nas Empresas do Setor Aéreo Brasileiro

Cristiano Sausen Soares, Luiz Otávio Marin, Larissa Degenhart, Cristiane Krüger

Resumo


Considerando a importância do setor aéreo à economia brasileira e o pedido de recuperação judicial da empresa Avianca Brasil, surge a necessidade de aplicar modelos de previsão de insolvência nas demais empresas representativas do setor. Assim, com o objetivo de analisar os resultados da aplicação de modelos de previsão de insolvência nas principais companhias aéreas brasileiras (Latam, Gol, Azul, Avianca), no período de 2014 a 2018, desenvolveu-se esta pesquisa, caracterizada como qualitativa, descritiva, bibliográfica e documental, utilizando modelos de previsão de insolvência destacados na literatura (Elisabetsky, 1976; Matias, 1976; Kanitz, 1978; Altman, Baidya & Dias, 1979; Silva, 1982; Sanvicente & Minardi, 2000). Os resultados demonstram que a situação de insolvência é identificada nos modelos aplicados às companhias aéreas, em pelo menos um dos períodos, evidenciando possíveis dificuldades para continuidade dos negócios. Latam é a companhia que apresenta os resultados de insolvência menos desfavoráveis, enquanto os resultados da Avianca justificam seu pedido de recuperação judicial. Conclui-se que as companhias aéreas analisadas devem rever suas políticas de gastos, visando melhorar seus desempenhos operacionais. A pesquisa contribui à área contábil no sentido de demonstrar que os resultados da aplicação dos modelos de previsão de insolvência refletem as decisões dos gestores, servindo como ferramenta de gestão financeira e estratégica.

Palavras-chave


Aviação comercial. Falência. Risco de inadimplência.

Texto completo:

PDF |25-44|


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rcc.v13i2.78031