Sustentabilidade e educação ambiental na agricultura familiar: o caso de uma cooperativa no semiárido potiguar

Rosa Adeyse Silva, Maria Betânia Ribeiro Torres

Resumo


O trabalho teve como objetivo identificar como a Cooperativa Potiguar de Apicultura e Desenvolvimento Rural Sustentável (COOPAPI) atua em processos formativos direcionados à educação ambiental e práticas sustentáveis junto aos agricultores cooperados. Para a obtenção dos dados da pesquisa, utilizou-se da entrevista semiestruturada, visando identificar de forma detalhada o sentido e o significado atribuídos pelos agricultores familiares à relação entre educação ambiental e sustentabilidade na agricultura familiar. O estudo revelou que a temática ambiental não é vivenciada por meio de formações que possam direcionar os agricultores a introduzirem a temática em sua ambiência de forma intencional; no entanto, os agricultores vivenciam a educação ambiental por meio de suas práticas diárias de cultivo. Ainda, os agricultores veem a cooperativa como facilitadora de práticas sustentáveis, visto que a cooperativa auxilia nas tarefas de orientar os agricultores no cultivo orgânico e fiscalização, mediante o mau uso de algum recurso.



Palavras-chave


práticas sustentáveis; agroecologia; coopapi; Apodi/RN

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v55i0.73169

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter   

 Licença Creative Commons
Desenvolvimento e Meio Ambiente de https://revistas.ufpr.br/made está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.ufpr.br/made/about.