Análise do impacto da transição da estrutura etária no consumo de energia elétrica domiciliar do Brasil

Victor Hugo Dias Diógenes, Ricardo Ojima

Resumo


O estudo do consumo na relação entre População e Ambiente (P-A) vem ganhando destaque e notoriedade, já que se vem comprovando que se trata de uma variável que é extremamente correlacionada com a dinâmica demográfica.  Dito isso, este trabalho teve como objetivo analisar o consumo de energia elétrica domiciliar per capita por estágios do ciclo de vida do domicílio no Brasil e simular o comportamento do consumo energético considerando as mudanças na estrutura etária domiciliar. A metodologia proposta consistiu em mensurar taxas específicas de consumo por fase do ciclo de vida do domicílio e, por meio de técnicas de padronização direta, verificar o nível de consumo energético caso o Brasil apresentasse outras estruturas etárias em seus domicílios. O banco de dados utilizado foi a Pesquisa de Orçamento Familiares 2008/2009. Quanto aos resultados, eles indicaram que o nível de consumo de energia elétrica domiciliar per capita apresentado pelo Brasil em 2009 diminuiria em 2,6 kWh se o país possuísse a estrutura etária observada em 1970. Como conclusão, a partir dos resultados, tem-se que deve haver um aumento do consumo de energia elétrica quando os domicílios apresentarem uma estrutura por idade do chefe mais envelhecida, ou seja, um maior consumo deve surgir, em parte, devido ao envelhecimento populacional. Portanto, esta pesquisa corrobora com a desmistificação do malthusianismo, cuja ideia principal atribui importância demasiada no volume populacional no debate ambiental em detrimento de outras varáveis demográficas, bem como fortalece a necessidade de se criar e consolidar uma linha de pesquisa sistemática da “demografia do consumo”.

Palavras-chave


população-ambiente; consumo; transição demográfica; energia elétrica

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v54i0.68814

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter   

 Licença Creative Commons
Desenvolvimento e Meio Ambiente de https://revistas.ufpr.br/made está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.ufpr.br/made/about.