Coari: Petróleo e Sustentabilidade – um exemplo amazônico

Wagner Santos de Almeida, Newton Moreira de Souza

Resumo


A exploração econômica de hidrocarbonetos na Província Petrolífera de Urucu, localizada em umenclave que dista 280 km da sede do município de Coari/AM, acontece em uma das áreas de maiorsensibilidade ambiental do planeta, a floresta amazônica. O município de Coari, graças à exploraçãoeconômica em seu território, vem experimentando transformações significativas no uso do seu solo. Oobjetivo da pesquisa foi diagnosticar, sob a ótica do desenvolvimento sustentável, o contexto políticoe institucional no qual essa exploração econômica vem acontecendo, desde o seu início, em 1987, atéo ano de 2005, e diagnosticar, também, quais foram as principais transformações na cobertura de seusolo, fruto dessa exploração petrolífera. A metodologia, no que tange à variação espacial da coberturado solo, empregou técnicas de geoprocessamento e de processamento de imagens digitais de sensoresremotos orbitais, abrangendo um período de 17 anos de imageamento da área de estudo. Também foramrealizados diagnósticos utilizando indicadores sociais, econômicos e políticos, bem como dados obtidosdurante os trabalhos de campo nas entrevistas realizadas com os principais atores sociais. A metodologiaelaborou cenários prospectivos, tendenciais-inerciais e normativos, relacionados com a exploração dehidrocarbonetos. Os resultados obtidos com a aplicação da metodologia proposta permitiram diagnosticara ocorrência de impactos ambientais significativos, resultantes tanto das atividades de exploração dehidrocarbonetos como da expansão antrópica na área urbana do município. Por sua vez, a exploraçãode hidrocarbonetos motivou que a população do município mais do que dobrasse em um período de 16anos, com um acentuado comprometimento da infra-estrutura municipal e da qualidade de vida local,em um processo de expansão ainda contínuo. Os principais atores sociais, com poder decisório, nãoproporcionam mecanismos que garantam a justiça intergeracional à população de Coari, o principal atorsocial pelo critério de proximidade do empreendimento. Os recursos financeiros significativos oriundosdas participações governamentais decorrentes da exploração de hidrocarbonetos não impedem que seapresentem baixos índices de qualidade de vida e poucas alternativas de sustentabilidade. A pesquisasugere ações e políticas indutoras, que podem contribuir para reverter o atual quadro de insustentabilidadede Coari, de tal forma que independa do previsível esgotamento das reservas de hidrocarbonetos em seu território.

Palavras-chave


development and environment; sustainability; deforestation; environmental impacts; Amazonian forest; oil exploitation; sustentabilidade; desenvolvimento sustentável; desmatamento; impactos ambientais; floresta amazônica; exploração petrolífera

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v17i0.13413

Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter