Open Journal Systems

Biocombustíveis: como a universidade brasileira participa da produção de conhecimentos e na definição de incentivos e diretrizes para o setor?

Alessandra Pavesi, Carmen Roselaine Oliveira Farias, Haydée Torres de Oliveira

Resumo


Neste artigo, são discutidos os resultados de indagações sobre a contribuição de instituições brasileiras
de educação superior para o desenvolvimento do setor sucro-alcooleiro. Esses resultados revelam que a
universidade tende a colocar sua expertise a serviço de um modelo de desenvolvimento insustentável,
antes que a propiciar oportunidades para uma aprendizagem social ativa, indispensável para propor novas
definições e soluções para os problemas da civilização contemporânea.

Palavras-chave


biofuels; education; sustainability; biocombustíveis; educação superior; sustentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v15i0.11304