Open Journal Systems

Os processos imigratórios dos séculos XIX e XX: diálogos entre o saber acadêmico e a Educação Básica

Cristine Fortes Lia, Roberto Radünz

Resumo


Os estudos acadêmicos sobre os processos imigratórios para o Brasil constituem um campo fértil do conhecimento histórico, sobretudo nos programas de Pós-Graduação. Estas pesquisas, em especial as que focam as imigrações dos séculos XIX e XX, encontram pouco espaço no saber escolar. Os livros didáticos permanecem reproduzindo visões superficiais e conservadoras, de caráter cronológico e com ausência de problematizações sobre a vinda desses imigrantes europeus para terras brasileiras. Este estudo busca identificar, através da análise do material didático, utilizado nas escolas do Rio Grande do Sul, a ausência de um diálogo entre o saber acadêmico e a Educação Básica. A importância de analisar os materiais didáticos e os produtos culturais utilizados pelos professores de história da Educação Básica é cada vez mais pertinente, no sentido de investigar a concepção de conhecimento histórico que é produzido e difundido em sala de aula. Nesse sentido, a investigação sobre as práticas de docência, a partir desse objeto cultural, permite identificar lacunas que podem ser trabalhadas na formação de professores.


Palavras-chave


imigração, material didático, professores, educação

Texto completo:

PDF DOI