Open Journal Systems

A ótica dos atores sociais na gestão ambiental dos terrenos de marinha: o caso da orla do canal da Barra da Lagoa, Ilha de Santa Catarina, Brasil

Neres de Lourdes da Rosa Bitencourt, Eduardo Juan Soriano-Sierra

Resumo


O presente estudo trata da gestão ambiental dos terrenos de marinha através da investigação da percepção de atores sociais com influência no uso e ocupação da orla do canal da Barra da Lagoa, localizado na Ilha de Santa Catarina, Brasil. Os procedimentos metodológicos envolveram observações em campo e entrevistas estruturadas com atores sociais. Observaram-se usos e ocupações irregulares. Conforme entrevistas realizadas na comunidade local, perceberam-se conflitos de interesses, incluindo insatisfação quanto à privatização do domínio público marítimo, descrédito sobre os atores institucionais com atribuições na área e falta de conhecimento dos instrumentos de regulamentação por parte de atores sociais. O presente estudo constitui uma contribuição de grande importância para a sociedade, uma vez que, trata da preservação de um espaço de grande importância para milhares de pessoas que é a orla marítima.

Palavras-chave


Atores Sociais, Gestão Ambiental, Terrenos de Marinha, Canal Lagunar, Ilha de Santa Catarina.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v15i0.8565