Transformando camponeses de subsistência em servos de ecossistemas: desigualdade e a produção de recursos naturais na República Democrática Popular do Laos

Michael Kleinod

Resumo


Este artigo examina o nexo entre conservação da natureza, produtividade e dominação nas abordagens de conservação inclusivas. Argumenta que a transformação de camponeses de subsistência em “administradores e custodiantes de biodiversidade” (CBD) representa uma forma suave de dominação de acordo com as falsas alternativas de instrumentalidade ecológica em que o desenvolvimento local é subordinado a supostas limitações “naturais”. O argumento se baseia em teorias críticas das relações entre natureza e sociedade (Horkheimer & Adorno, 2002; Görg, 2003; Moore, 2015), bem como em uma extensa pesquisa sobre o ecoturismo como um instrumento para conciliar conservação e desenvolvimento na República Democrática Popular do Laos. Sob esse ângulo, a conservação é vista como uma forma de produzir recursos “naturais”, perpetuando e criando várias desigualdades sociais, com base na ficção de que a “natureza” é essencialmente não humana. Este caso é defendido no que diz respeito às Áreas Nacionais Protegidas no Laos, que são projetadas explicitamente para acomodar as necessidades da população local. Entre outras coisas, o ecoturismo é empregado para criar uma fonte alternativa de renda a práticas vistas como “insustentáveis”. Assim, espera-se implantar interesses econômicos e também morais sobre recursos intocados. Desta forma, um compromisso (em vez de uma reconciliação) entre conservação e desenvolvimento é imposto, em grande parte alheio às realidades vividas pela população local, e só respondendo parcialmente às suas necessidades e aspirações – uma imposição que tende a produzir suas próprias contracorrentes, mais uma vez atando produtividade e desigualdade. Este artigo analisa, assim, o funcionamento do dualismo natureza/sociedade, enfatizando a instrumentalidade ecológica experimentada no ecoturismo como ferramenta para a conservação da natureza no Laos.

Palavras-chave


instrumentalidade; conservação; ecoturismo; Laos

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v38i0.44053



Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter   

 Licença Creative Commons
Desenvolvimento e Meio Ambiente de https://revistas.ufpr.br/made está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.ufpr.br/made/about.