Variação temporal e espacial da cobertura vegetal da floresta ombrófila densa na Área de Proteção Ambiental de Guaraqueçaba no Estado do Paraná, Brasil

Ana Cláudia de Paula Muller, Oduvaldo Bessa Jr.

Resumo


Em decorrência da urgente necessidade de conservação de amostras significativas dos ecossistemas esobre os meios efetivos e ações legais para se atingir esta meta, este estudo pretende avaliar as variaçõesespaciais e temporais da cobertura vegetal natural e os padrões de uso da terra, em períodos anteriorese posteriores à criação da Área de Proteção Ambiental (APA) de Guaraqueçaba, PR, Brasil. Nesta área,o bioma da Floresta Atlântica é dominante e está protegido em um território de 315.241 ha em unidadede conservação de uso sustentável. Para tanto, foram avaliadas as variações das tipologias da coberturavegetal natural e as mudanças nos padrões de uso do solo em diversos períodos de desenvolvimento eocupação, tendo como referência a data da criação da APA de Guaraqueçaba (1985). Pretende-se, assim,identificar, de forma preliminar, a influência e a importância da ação conservacionista desta modalidadede unidade de conservação na região em questão.

Palavras-chave


unidade de conservação; Área de Proteção Ambiental; floresta ombrófila densa; conservação da biodiversidade; Guaraqueçaba; Brasil; conservation unit; environmental protection area; Atlantic Forest; conservation; biodiversity; Brazil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v17i0.13415



Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter   

 Licença Creative Commons
Desenvolvimento e Meio Ambiente de https://revistas.ufpr.br/made está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.ufpr.br/made/about.