O planejamento do espaço rural periurbano: da abordagem funcional do território às territorialidades da autonomia

Nicolas Floriani

Resumo


O texto discute a questão da crescente demanda urbana pela preservação dos recursos naturais em áreas
periurbanas. Nesse sentido, adverte-se ao fato do espaço rural periurbano caracterizar-se atualmente
como um ambiente de conflito pelo uso do território, sendo concebido pelas políticas de planejamento
territorial como espaço de interesses ambientais conflitantes e como espaço de risco socialmente
construído. Assim sendo, evidencia a relação, muitas vezes oposta e conflituosa, entre campo e cidade,
encerrando em si a contradição entre projetos de desenvolvimento econômico e de preservação ambiental.
Por outro lado, aponta-se para a necessidade de um recorte espacial das práticas agrícolas, capaz de
permitir o entendimento das relações entre os agricultores familiares ecológicos e a natureza, passando
pelo estudo das representações e percepções da paisagem, que se expressam materialmente no território
da agricultura familiar. Defende-se a idéia que tal abordagem permite pensar políticas alternativas de
desenvolvimento territorial condizentes com as realidades socioambientais locais.

Palavras-chave


territory; terroir; landscape; family farming; socioenvironmental conflicts; território; terroir; paisagem; agricultura familiar; conflitos socioambientais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v16i0.11904



Desenvolvimento e Meio Ambiente. ISSN: 1518-952X, eISSN: 2176-9109

Flag Counter

 
A partir de 2023, Desenvolvimento e Meio Ambiente de https://revistas.ufpr.br/made está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. CC BY 4.0
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.ufpr.br/made/about.