A INVERSÃO DO RELATO TRADICIONAL DE GUERRA NO ROMANCE PORTUGUÊS CONTEMPORÂNEO

Raquel Trentin Oliveira

Resumo


O romance contemporâneo português, que transfigura as
guerras colônias do período salazarista, tende a desmitificar o
feito histórico, afastar do acontecimento guerreiro traços de
dignidade e louvor, rebaixando-o ao campo do humano
degradado. Com o intuito de exemplificar tal questão, o presente
artigo analisa a imagem do conflito colonial entre Portugal e
Moçambique construída em A costa dos murmúrios (1988) de
Lídia Jorge, tendo como pressuposto comparativo o relato
clássico da Ilíada.

Palavras-chave


Relatos tradicionais de guerra; romance contemporâneo português; desmitificação; Traditional reports of war; contemporary Portuguese novel; demythification

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v67i0.5522

Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)

 

Licença Creative Commons
Revista Letras está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.