Open Journal Systems

RESISTÊNCIA INDIVIDUAL NO TERCEIRO REICH: "RETRATO DE GRUPO COM SENHORA" DE HEINRICH BOELL

Christine Wischmann

Resumo


Em seu romance Gruppenbild mil Dame |Retrato de grupo com senhorc), publicado em 1971, o escritor alemão ocidental Heinrich Boell reúne, sob forma pseudodocumcntárla, declarações de personagens de ficção, tendo por resultado a biografiado uma mulher com um dom sensual mal conhecido Pelo exemplo desta mulher e do ambiente humano que a cerca, o autor mostra sobretudo numerosos exemplos de epesição política no Terceiro Reich. Com base nestes casos, o leitor há de constatarque os comportamentos, acentuados por Boell positivamente, constituem expressão de um egocentrismo burguês com uma mundividência humanística diluída.
Tais comportamentos quando muito desmascaram toda oposição como uma desajeitada rejeição do incompreendido mundo exterior. Por outro lado, os traços neurórlto-doentiosdos heróis e seu inconfesso desejo de participar da comunidade (a "sensualidade" de Leni) apresentam uma nova, talvez de Boell mesmo ainda não descoberta perspectiva: que o conceito burguês de individualismo e um obstáculo historicamente superado, o qual impede o desenvolvimento de uma verdadeira consciência social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v23i0.19659