Artefato da cultura escolar ou mercadoria: a escolha do livro didático de Física em análise

Alisson Antonio Martins, Nilson Marcos Dias Garcia

Resumo


Apresentam-se resultados de pesquisa qualitativa cujo objetivo foi identificar de que modo a cultura escolar, a produção cultural e o mercado, enquanto eixos analíticos, são articulados num processo de escolha e apropriação de livros didáticos por professores de Física, brasileiros e portugueses, que atuam na Educação Básica. Dividida em duas etapas, a pesquisa contou com aplicação de questionários e realização de entrevistas semiestruturadas, sendo as informações obtidas analisadas com base nos procedimentos da Análise de Conteúdo. Os resultados indicaram que os professores escolhem seus livros didáticos através de uma combinação desses eixos. Deste modo, a escolha se constitui em um processo complexo de produção de sentidos e significados, construída ao longo da atividade docente e culminando na indicação de um livro didático que melhor representa as expectativas dos professores com relação a esses eixos e em face do contexto social, econômico e cultural.


Palavras-chave


livro didático de Física; escolha de livro didático; cultura escolar; produção cultural; mercadoria

Texto completo:

PDF


Qualis A1

Publicado pelo Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Contatos: (55) 41- 3535-6207 

E-mail: educar@ufpr.br

E-mail: educar.ufpr2016@gmail.com