Open Journal Systems

PESO CORPORAL AOS 12 E 24 MESES DE VIDA E SUA RELAÇÃO COM TIPO DE ALEITAMENTO: ESTUDO DE COORTE

Evelin Matilde Arcain Nass, Sonia Silva Marcon, Élen Ferraz Teston, Sueli Mutsumi Tsukuda Ichisato, Beatriz Rôsana Gonçalves de Oliveira Toso, Marcela Demitto Furtado, Eveline Do Amor Divino

Resumo


Objetivo: identificar os desvios no peso corporal aos 12 e 24 meses de vida e sua associação com a prática do aleitamento materno. Método: estudo de coorte realizado com crianças assistidas na Atenção Primária de município no noroeste do Estado do Paraná, Brasil. Dados coletados no período de março a outubro de 2020, referentes aos dois primeiros anos de 401 crianças. Análise dos dados com testes qui-quadrado e regressão logística. Resultados: verificou-se que 66,3% e 44,6% das crianças apresentavam peso corporal adequado aos 12 e 24 meses respectivamente; com adequação de 93% e 83% para aleitamento exclusivo; 53,6% e 29% para aleitamento materno e 64,6% e 32,3% para as que não receberam aleitamento. Entre crianças com peso inadequado, prevaleceu o peso elevado 60%. Conclusão: esses resultados poderão subsidiar a atuação do enfermeiro durante o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança no âmbito da atenção primária à saúde.


Palavras-chave


Enfermagem; Aleitamento Materno; Estado Nutricional; Assistência Alimentar; Obesidade Pediátrica.