AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO CENTRO CIRÚRGICO NA ESTRUTURA, PROCESSO E RESULTADOS

José Augusto Gomes, Maria Manuela Martins, Daisy Maria Rizatto Tronchin, Carla Sílvia Fernandes

Resumo


Objetivos: avaliar a qualidade dos centros cirúrgicos em hospitais portugueses no que se refere à estrutura, processo e resultado.
Método: estudo quantitativo e transversal, realizado entre os meses de janeiro e maio de 2018. A amostra foi constituída por 1.019 profissionais, de 71 hospitais portugueses. Recorreu-se à utilização de três instrumentos distintos para medir a estrutura, o processo e os resultados da qualidade no centro cirúrgico: a Escala Indicadores de Estrutura no Bloco Operatório, a Escala de Processos de Qualidade Assistencial no Bloco Operatório e a Escala para medir os Resultados de Qualidade no
Bloco Operatório.
Resultados: os fatores “especificidades dos grupos profissionais”, “fluxos de comunicação”, “controle para a segurança” e “trabalho em equipe” foram considerados de alta qualidade.
Conclusão: a avaliação da qualidade do centro cirúrgico nas categorias de estrutura, processo e resultado permite identificar lacunas que podem ser melhoradas e que exigem maior atenção.


Palavras-chave


Avaliação em Saúde; Salas Cirúrgicas; Gestão da Qualidade; Enfermagem; Melhoria de Qualidade.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v26i0.71083 ';



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536