O COTIDIANO DA CUIDADORA NO DOMICÍLIO: DESAFIOS DE UM FAZER SOLITÁRIO

Roseni Rosângela de Sena, Kênia Lara Silva, Hosana Ferreira Rates, Karine Lara Vivas, Carla Mendes Queiroz, Fernanda Ourives Barreto

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar o trabalho de cuidadoras no domicílio. Estudo qualitativo, descritivo-exploratório, no qual os dados empíricos foram obtidos por meio de entrevistas e registros das atividades de cuidado no Diário da Cuidadora. Os resultados revelaram que o cuidado domiciliar é realizado principalmente por mulheres cujas características são de capacidade de entrega e de dedicação. A ação cuidadora está permeada de dificuldades nas atividades básicas de manutenção da vida, realizadas concomitantemente ao cuidado da casa resultando numa jornada contínua e solitária de um integrante da família. Para superar o desgaste e a solidão, as cuidadoras buscam a rede de apoio e solidariedade mas esta se revela provisória e com pouca capacidade de atender às carências constantes do cuidado. Concluiu-se que o cotidiano da cuidadora no domicílio apresenta desafios de diversas ordens concretizando-se como uma prática que necessita de discussão no âmbito das políticas públicas.


Palavras-chave


Cuidadores; Assistência domiciliar; Cuidados de Enfermagem; Caregivers; Home care; Nursing care; Cuidadores; Atención Domiciliaria de Salud; Atención de Enfermería

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v11i2.6854 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536