ESTRESSORES DA PÓS-GRADUAÇÃO: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Flaviane Cristina Rocha Cesar, Elyana Teixeira Sousa, Luana Cássia Miranda Ribeiro, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante Oliveira

Resumo


Objetivo: identificar evidências científicas relacionadas aos estressores enfrentados por estudantes de mestrado e doutorado durante a sua formação. Metodologia: revisão integrativa da literatura, realizada em outubro de 2017, na Biblioteca Virtual em Saúde, Web of Science, Psychology Information e PubMed. Foram incluídos artigos primários, publicados em inglês, português e espanhol e que contemplassem o tema. Resultados: os resultados compuseram 12 estudos, dos quais emergiram três categorias de estressores: individuais, acadêmicos e de relações interpessoais. Dessas categorias, os estressores que se destacaram foram alta carga de atividades acadêmicas, renda, conflito pós-graduação-família-trabalho e relação aluno-orientador. Conclusão: o desafio para o pós-graduando é conciliar o estresse vivido nesse momento da vida, as atividades acadêmicas e não acadêmicas. Os programas de pós-graduação necessitam desenvolver produção científica de qualidade, que não resulte no adoecimento dos envolvidos nesse processo.

Palavras-chave


Estudantes; Educação de pós-graduação; Estresse psicológico; Saúde mental; Revisão.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i4.57460 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133