ADAPTAÇÃO TRANSCULTURAL DE UM INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE FERIDAS

Elaine Aparecida Rocha Domingues, Maiúme Roana Ferreira de Carvalho, Uiara Aline de Oliveira Kaizer

Resumo


Objetivo: traduzir e adaptar culturalmente o instrumento de Avaliação da Cicatrização de Feridas Crônicas para a
língua portuguesa do Brasil. Método: estudo quantitativo, tipo metodológico, seguindo as etapas tradução, síntese das
traduções, retrotradução, revisão por um comitê de especialistas e pré-teste. A pesquisa foi realizada nas Unidades de
Saúde de Itajubá e Três Corações - Minas Gerais com amostra de 30 enfermeiros estomaterapeutas e/ou com prática
clínica no tratamento de feridas. Foi avaliada a validade de conteúdo por meio do cálculo do Índice de Validade
de Conteúdo e praticabilidade do instrumento. Resultado: o instrumento apresentou-se como de fácil aplicação e
compreensibilidade demonstrando ser aplicável na cultura brasileira. Quanto à praticabilidade, o tempo médio de
preenchimento do instrumento foi de três minutos. O instrumento final, com alterações sugeridas pelos juízes, foi
encaminhado e aprovado pelo autor. Conclusão: originou-se um instrumento aplicável à realidade brasileira.


Palavras-chave


Ferimentos e lesões; Validade dos testes; Tradução; Pesquisa metodológica em Enfermagem; Úlcera de perna.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i3.54927 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133