ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO IDOSO: MODELO CONCEITUAL DE ENFERMAGEM

Flavia Aparecida Dias, Zenewton André da Silva Gama, Darlene Mara dos Santos Tavares

Resumo


O objetivo deste estudo foi elaborar um modelo conceitual sobre o papel do enfermeiro na atenção primária à saúde do idoso. Foi realizada revisão e análise documental de 40 documentos normativos brasileiros que regulam a atenção primária e/ou relacionados ao idoso, com coleta de dados entre abril e agosto de 2015. As informações foram consensuadas nos quatro metaparadigmas da enfermagem. O ser humano foi a pessoa de >60 anos; a saúde/doença: o conjunto de fatores físicos, psicológicos, sociais, econômicos, culturais e ambientais que permeiam o envelhecimento; e o ambiente: atenção primária, um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo, que abrange promoção e proteção da saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos e manutenção da saúde; o enfermeiro, apresenta responsabilidade de gerência e cuidado à saúde. O modelo reflete as concepções específicas do idoso, saúde/doença, ambiente, bem como as atribuições do enfermeiro na atenção primária.


Palavras-chave


Idoso; Cuidados de enfermagem; Enfermagem; Enfermagem primária; Atenção primária à saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i3.53224 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133