A CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE NA PERSPECTIVA DO ENFERMEIRO

Raquel Duarte Corrêa Matiello, Eliane de Fátima Almeida Lima, Maria Carlota Rezende Coelho, Elizabete Regina Araújo Oliveira, Franciele Marabotti Costa Leite, Candida Caniçali Primo

Resumo


Estudo transversal com objetivo de descrever as atitudes e cultura de segurança na perspectiva do enfermeiro. Participaram 83 enfermeiros, que responderam ao questionário “Safety Attitudes Questionnaire – Short Form 2006”, traduzido para a língua portuguesa. A coleta de dados foi entre abril e maio de 2015 em um hospital localizado em Vitória, Espírito Santo, Brasil. O escore médio total foi de 66, variando de 54,8 para Percepção da gerência a 78,3 para Satisfação no trabalho. Uma percepção positiva da cultura de segurança foi evidenciada por escores >75 pontos na média apenas para Satisfação do trabalho. A maioria dos participantes (89%) concordam que os erros são tratados de forma apropriada. Concluiu-se que cinco dos seis domínios avaliados tiveram escores negativos, apontando a necessidade de planejamento e desenvolvimento de estratégias voltadas para uma cultura efetiva de segurança dos pacientes.

Palavras-chave


Qualidade da assistência à saúde; Segurança do paciente; Avaliação de serviços de saúde; Enfermagem; Cultura organizacional.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Brasil. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária. Assistência Segura: Uma Reflexão Teórica Aplicada à Prática. 2013. [acesso em 24 jun 2015]. Disponível em:

Claro CM, Krocockz DVC, Toffolleto MC, Padilha KG. Eventos adversos em Unidade de Terapia Intensiva: percepção dos enfermeiros sobre a cultura não punitiva. Rev. Esc. Enferm USP. [Internet] 2011;45(1) [acesso em 04 nov 2015] Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000100023

Caldana G, Guirardello EB, Urbanetto JS, Peterlini MAS, Gabriel CS. Rede brasileira de enfermagem e segurança do paciente: desafios e perspectivas Texto Contexto Enferm. [Internet] 2015;24(3) [acesso em 01 fev 2016].Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-070720150001980014

Brasil. Anvisa. Resolução da Diretoria Colegiada da ANVISA - RDC nº 36, de 25 de Julho de 2013. Institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde e dá outras providências. Diário Oficial da União 2013; 25 Jul.

Carvalho REFL, Cassiani SHB. Questionário Atitudes de Segurança: adaptação transcultural do SafetyAttitudesQuestionnaire - Short Form 2006 para o Brasil. Rev. Latino-Am. Enfermagem. [Internet] 2012;20(3) [acesso em 04 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692012000300020.

AHRQ. April 2015. Agency for Healthcare Research and Quality. Making health care safer II: an updated critical analysis of the evidence for patient safety practices. Rockville: Agency for Healthcare Research and Quality; 2013. [acesso em 24 jun 2015]. Disponível em:

BMJ Qual Saf; 2011;20(12) [Internet]. [acesso em 05 set 2015]. Disponível em:

Silva-Batalha SEM, Melleiro MM. Cultura de segurança do paciente em um hospital de ensino: diferenças de percepção existentes nos diferentes cenários dessa instituição. Texto Contexto Enferm, Florianópolis. [Internet] 2015;24(2)[acesso em 20 dez 2015]. Disponível:http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072015000192014.

COREN-ES [Internet]. Perfil da Enfermagem no Brasil. [acesso em 03 dez 2015]. Disponível em:

Luiz RB, Simões ALA, Barichello E, Barbosa MH. Fatores associados ao clima de segurança do paciente em um hospital de ensino. Rev. Latino-Am. Enfermagem. [Internet] 2015;23(5). [acesso em 10 jan 2016]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-1169.0059.2627.

Marinho MM, Radunz V, Barbosa SFF. Avaliação da cultura de segurança pelas equipes de enfermagem de unidades cirúrgicas. Texto contexto Enferm. [Internet] 2014;23(3) [acesso em 05 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072014002640012

Misiak M. Cultura de segurança do paciente na perspectiva da equipe de enfermagem de uma instituição cardiovascular [dissertação]. Florianópolis (SC): Universidade Federal de Santa Catarina; 2013.

Baratto MAM. Cultura de segurança do paciente: percepções e atitudes dos trabalhadores nas instituições hospitalares de Santa Maria [dissertação]. Rio Grande do Sul (RS): Universidade Federal de Santa Maria; 2015.

Camelo SHH. O trabalho em equipe na instituição hospitalar: uma revisão integrativa. CogitareEnferm. [Internet] 2011 [acesso em 22 dez 2015].Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v16i4.19977

Cauduro FLF, Sarquis LM, Sarquis LMM, Cruz EDA. Cultura de segurança entre profissionais de centro cirúrgico. CogitareEnferm. [Internet] 2015 [acesso em 06 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v20i1.36645

Da Correggio TC, Amante LN, Barbosa SFF. Avaliação da cultura de segurança em centro cirúrgico. Rev SOBECC. [Internet] 2014;19(2) [acesso em 05 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.4322/sobecc.2014.012

Lyu H, Wick CE, Housman M, Freischlag J, Makary MA. A satisfação do paciente como um possível indicador da qualidade da assistência cirúrgica. JAMA Surg.[Internet] 2013; 148 (4): 362-367.Disponível em:http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23715968.DOI: 10.1001/2013.jamasurg.270.

Mendes W, Pavao ALB, Martins M, Moura MLO. Características de eventos adversos evitáveis em hospitais do Rio de Janeiro. Rev. Assoc. Med. Bras. [Internet] 2013;59(5) [acesso em 04 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.ramb.2013.03.002

Reis CT. Adaptação transcultural da versão brasileira do Hospital SurveyonPatientSafetyCulture: etapa inicial. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro. [Internet] 2012;28(11) [acesso em 01 jan 2016]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100019

Mello JF, Barbosa SFF. Cultura de segurança do paciente em terapia intensiva: recomendações da enfermagem. Texto Contexto Enferm. [Internet] 2013;22(4) [acesso em 05 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072013000400031

Organização Mundial da Saúde (OMS). Melhorar a segurança do paciente: primeiros passos. África: Organização Mundial da Saúde, 2012.

Versa GLGS, Inoue KC, Nicola AL, Matsuda LM. Influência do dimensionamento da equipe de enfermagem na qualidade do cuidado ao paciente crítico. Texto Contexto Enferm.[Internet] 2011;20(4) [acesso em 20 dez 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072011000400020

Costa DT, Martins MCF. Estresse em profissionais de enfermagem: impacto do conflito no grupo e do poder do médico. RevEscEnferm USP. [Internet] 2011; 45(5) [acesso em 10 dez 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000500023

Rigobello MCG, Carvalho REFL, Cassiani SHB, Galon T. Clima de segurança do paciente: percepção dos profissionais de enfermagem.Acta paul. enferm. [Internet] 2012; (25)5 [acesso em 05 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000500013

Melo MB, Barbosa MA, Souza PR. Satisfação no trabalho da equipe de enfermagem: revisão integrativa. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet] 2011;19(4) [acesso em 06 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692011000400026.

Zakari NMA. Attitude of academic ambulatory nurses toward patient safety culture in Saudi Arabia. Life Scienc J. 2011;8(3):230-7.

Chaves LD, Ramos LH, Figueiredo EN. Satisfação profissional de enfermeiros do Trabalho no Brasil. Acta Paul. Enferm. [Internet] 2011; 24(4) [acesso em 01 nov 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002011000400010

Santos MC, Grilo A, Andrade G, Guimarães T, Gomes A. Comunicação em saúde e a segurança do doente: problemas e desafios. RevPort Saúde Pública. [Internet] 2010;Temat(10):47-57. [acesso em 10 jan 2016]. Disponível em: https://www.ensp.unl.pt/dispositivos-de-apoio/cdi/cdi/sector-de-publicacoes/revista/2010/pdf/volume-tematico-seguranca-do-doente/6-Comunicacao%20em%20saude%20e%20a%20seguranca%20do%20doente.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i5.45408 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133