DESAFIOS DA REFERÊNCIA E CONTRARREFERÊNCIA NA ATENÇÃO EM SAÚDE NA PERSPECTIVA DOS TRABALHADORES

Juliana Ebling Brondani, Francine Ziegler Leal, Clarissa Potter, Rosângela Marion da Silva, Helena Carolina Noal, Miriam da Silveira Perrando

Resumo


O objetivo deste estudo foi identificar os desafios da Atenção Primária à Saúde e Terciária nos serviços de saúde de um município do sul do Brasil. Estudo descritivo-exploratório, de abordagem qualitativa, realizado com equipe multiprofissional. Os dados foram coletados entre julho e agosto de 2014, utilizando-se a entrevista semiestruturada. Os resultados foram organizados em duas categorias temáticas: Dificuldade de articulação nos serviços de saúde e o trabalho solitário. A falta de comunicação entre os trabalhadores dos serviços, o desconhecimento sobre os serviços da rede, a carência de educação permanente, a ausência de retorno dos serviços e a falta de responsabilização dos profissionais envolvidos no cuidado foram destaque, o que fragiliza os processos de referência e contrarreferência.

Palavras-chave


Serviços de saúde; Assistência integral à saúde; Referência e consulta; Equipe de assistência ao paciente.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v21i1.43350 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536