CONTEXTO ESCOLAR E SINTOMAS DE TRATO URINÁRIO INFERIOR: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Bruna Marcela de Lima Souza, Cristiane Feitosa Salviano, Gisele Martins

Resumo


Trata-se de uma revisão integrativa com o objetivo de identificar fatores associados à ocorrência
de sintomas de trato urinário inferior em crianças no contexto escolar. A busca foi realizada em novembro
de 2013, nas bases de dados: Medical Literature Analysis and Retrievel System Online, Cumulative Index to
Nursing and Allied Health Literature e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, sem
emprego de limite temporal. A amostra foi composta por 12 artigos. A maioria dos estudos abordou medidas
de prevalência segundo sexo, faixa etária e sintoma investigado. Também foram identificadas três categorias
temáticas: fatores associados aos sintomas urinários, condições para uso do toalete na escola, e percepção de
professores e enfermeiros escolares quanto a padrões de eliminação infantil. A literatura aponta a influência do
contexto escolar no comportamento miccional da criança, sendo o enfermeiro escolar citado como um agente
estratégico na promoção de hábitos miccionais saudáveis na infância.


Palavras-chave


Enfermagem pediátrica; Saúde escolar; Micção.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v20i1.37477 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133