SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA: POTENCIALIDADES E SUBUTILIZAÇÃO NO PROCESSO DECISÓRIO

Ricardo Bezerra Cavalcante, Mariana Ferreira Vaz Gontijo Bernardes, Tarcísio Laerte Gontijo, Eliete Albano de Azevedo Guimarães, Valéria da Conceição Oliveira

Resumo


Estudo de caso, de abordagem qualitativa, teve como objetivo analisar como profissionais e gestores têm
utilizado o Sistema de Informação da Atenção Básica no processo decisório. Foram entrevistados, de janeiro a junho de
2011 e a partir de um roteiro semiestruturado, 11 profissionais que utilizam no âmbito de Secretaria Municipal de Saúde
e de Superintendência Regional de Saúde, do Sistema Único de Saúde. Utilizou-se a análise de conteúdo, modalidade
temática, para organização e análise dos dados. Verificou-se que o Sistema de Informação apresenta potencialidades, mas
é subutilizado para o processo decisório frente à natureza do processo de trabalho e modelo da assistência, por não atender
à diversidade dos modelos assistenciais e pela falta de qualificação dos profissionais. Conclui-se que há necessidade de
repensar o fluxo informacional do Sistema de Informação visando o seu aproveitamento para o processo decisório local
e implantando a gestão da informação como uma prática institucionalizada.


Palavras-chave


Sistemas de informação; Atenção primária à saúde; Saúde da família.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i3.33555 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133