A INFLUÊNCIA DA TELEVISÃO NOS HÁBITOS, COSTUMES E COMPORTAMENTO ALIMENTAR

Cíntia da Conceição Santos, Rosamary Aparecida Garcia Stuchi, Cristina Arreguy-Sena, Nísia Andrade Villela Dessimoni Pinto

Resumo


Este estudo, observacional e descritivo, teve por objetivo analisar a quantidade e o horário das propagandas veiculadas pela televisão sobre produtos alimentícios, classificar estes de acordo com a pirâmide alimentar e identificar o conteúdo calórico dos mais anunciados por meio das informações nutricionais de seus rótulos. Os dados primários foram obtidos a partir das gravações da programação de duas emissoras brasileiras de televisão aberta, entre julho e dezembro de 2008, nos horários da manhã, tarde e noite, durante 28 dias, e foram tratados segundo frequência e conteúdos pelo sistema de comunicação de Thayer. Identificou-se 239 propagandas em 336 horas de gravação, 85% dos produtos estavam no grupo da pirâmide alimentar, representado por doces e gorduras; observou-se total ausência de frutas e hortaliças. Este estudo aponta a necessidade de empregar estratégias educacionais que promovam adoção de comportamentos alimentares mais saudáveis envolvendo inclusive a mídia televisiva.

Palavras-chave


Televisão; Propaganda; Hábitos alimentares; Estilo de vida

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v17i1.26376 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Versão impressa ISSN 1414-8536 (para edições publicadas até 2014)

Versão eletrônica ISSN 2176-9133