Open Journal Systems

OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE MENTAL E A REFORMA PSIQUIÁTRICA

Simone de Oliveira Franco, Fátima Büchele, Elza Berger Salema Coelho

Resumo


RESUMO: Estudo desenvolvido em um município da região metropolitana da grande Florianópolis, no ano de 2004. Teve

por objetivo identificar o conhecimento sobre a reforma psiquiátrica brasileira de profissionais de saúde mental de um

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) municipal. Os sujeitos foram cinco profissionais de nível superior do CAPS. Os

dados foram coletados mediante entrevista semi-estruturada e a análise foi qualitativa seguindo o proposto por Minayo.

Foram definidas duas categorias: reforma psiquiátrica e conceitos norteadores da reforma psiquiátrica. Esse estudo

mostrou que a reestruturação da assistência psiquiátrica é reconhecida como uma mudança assistencial que prioriza o

cuidado aos portadores de sofrimento mental em serviços substitutivos, em oposição ao modelo hospitalocêntrico. Os

temas investigados foram considerados similares e relacionados aos direitos dos usuários e à cidadania.


Palavras-chave


Centro de Atenção Psicossocial; Reforma Psiquiátrica; Saúde Mental=pt; Psychosocial Care Center; Psychiatric Reform; Mental Health=en; Centro de atención psicosocial; Reforma psiquiátrica; Salud mental=es.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v13i2.12490