La preposición de como inicio de locución: sus patrones y su frecuencia de uso

Juan Martinez Lopez, Annette Jørgensen

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo analisar a estrutura
morfosintática das locuções adverbiais, mais concretamente
daquelas iniciadas com a preposição de. Para tanto, a totalidade
das citadas formações pluriverbais foi extraída de dois dicionários: um relacionado à língua espanhola geral, o DRAE,
e outro de caráter fraseológico, o Diccionario de Locuciones y
Expresiones Familiares. Depois de obtidas todas as estruturas,
foram estabelecidos padrões funcionais, o que nos permitiu
observar quais são as estruturas produtivas, e, portanto, servem
de base para novas criações, e quais representam padrões pouco
eficazes para sua reprodução no processo de criação de novas
unidades.


Palavras-chave


Padrões; Estrutura Morfosintática; Locução Adverbial; Índice de Frequência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v73i0.8717

Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)

 

Licença Creative Commons
Revista Letras está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.