Parâmetros Acústicos de Perguntas Sim-Não e Wh- no Alemão e no Português Brasileiro

Katja Reinecke

Resumo


Baseado na definição de prosódia e entoação de Hirst e di
Cristo (1998), neste trabalho se analisa a contribuição e a
interdependência dos três parâmetros F0, duração e
intensidade nos padrões prosódicos interrogativos, em seu lado
formal e funcional. Nas duas línguas em comparação, o
português brasileiro e o alemão, a F0 se revela o fator mais
diretamente ligado à sinalização do modo. A duração parece
exercer, em primeiro lugar, a função de agrupamento e de
salientar a sílaba tônica do último grupo fonológico de cada
sentença. A intensidade não mostra um comportamento muito
regular em nenhuma das duas línguas e parece estar conectada
a mais do que uma função linguística. Para o alemão, os dados
confirmam um padrão descrito na literatura no caso das
perguntas sim-não: O maior pico da curva entoacional recai
regularmente sobre a última sílaba da sentença, seja ela tônica
ou átona. Para o português brasileiro, não foi detectado um
padrão tão claro para as perguntas sim-não.


Palavras-chave


Entoação; Interrogativa; Fonética Acústica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v73i0.8626

Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)

 

Licença Creative Commons
Revista Letras está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.