Leituras de foco em Sintagmas movidos para a periferia esquerda em Ibibio

Márcia Santos Duarte de Oliveira

Resumo


Este trabalho é uma extensão da proposta de Oliveira (2005a),
que enfoca sintagmas WHs movidos para a periferia esquerda
em ibíbio por meio de dois tipos de movimento. A autora
propõe que estes tipos de movimento WH se dão para checagem
de traços de foco, embora a tipologia de foco esteja fora do
escopo do trabalho de Oliveira (2005a). Nesta proposta,
argumenta-se que os dois tipos de movimento WH para a
periferia esquerda nessa língua também podem ser observados
em sintagmas não-WH, logo estes sintagmas também
apresentam leituras de foco. Por meio de testes, verifica-se que
sintagmas movidos em ibíbio checam dois tipos de foco nessa
língua: (i) ‘foco contrastivo’ e (ii) ‘foco de listagem exaustiva’.
A leitura (i) é apreendida quando o sintagma move-se para o
sintagma foco – FocP – e a partícula ke? ‘merge’ como núcleo
dessa projeção; a leitura (ii) é apreendida em duas etapas da
derivação: (a) o sintagma focalizado move-se para a projeção
FocP (na periferia esquerda), acompanhado da partícula ke?,
que ‘merge’ como um ‘clítico’ do sintagma focalizado; (b) ocorre
movimento remanescente, para a projeção tópico – TopP – do
sintagma que continha o sintagma movido para FocP

Palavras-chave


Língua Ibíbio; Foco Contrastivo; Foco de Listagem Exaustiva.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v73i0.7554

Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)

 

Licença Creative Commons
Revista Letras está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.