ARCAÍSMO NA TRAGÉDIA Reconciliações religiosas na Oréstia de Ésquilo

Jorge Ferro Piqué

Resumo


Neste artigo tentamos demonstrar a relação entre varias características da tragédia de Ésquilo, como aparecem na Oréstia, e o conceito de mana, que foi investigado pela Antropologia em culturas primitivas. Nossa conclusão é que Ésquilo teve que
reconciliar conceitos religiosos arcaicos, que existiam na polis, com sua crença principal, a Justiça de Zeus.

Palavras-chave


Literatura Grega; Tragédia; Ésquilo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v44i0.19064

Revista Letras - ISSN 0100-0888 (versão impressa) e 2236-0999 (versão eletrônica)

 

Licença Creative Commons
Revista Letras está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.