Open Journal Systems

UMA LEITURA DO FANTÁSTICO: A INVENÇÃO DE MOREL (A.B. CASARES) E O PROCESSO (F. KAFKA)

Karin Volobuef

Resumo


O propósito do artigo é realizar uma análise da narrativa La invención de Morei (1940), de Adolfo Bioy Casares. Em primeiro lugar, mostra-se que o texto apresenta diversos traços característicos do gênero fantástico no século XX. Em segundo lugar, são indicados vários elementos que Casares aproveitou do romance O processo (1925), de Franz Kafka.

Palavras-chave


Adolfo Bioy Casares; Franz Kafka; fantástico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v53i0.18866