Open Journal Systems

RENATA PALLOTTINI: UMA POÉTICA EM LUTA CONTRA ESPAÇOS ASFIXIANTES

Kátia da Costa Bezerra

Resumo


O lento processo de abertura política que se inicia nos meados dos anos setenta no Brasil permite que diferentes grupos retomem seus movimentos reivindicatórios. Dentre estes, organizam-se grupos que se voltam especificamente para a questão da homossexualidade masculina e feminina. Todavia, a forte homofobia que ainda impera na sociedade impede que seus posicionamentos ganhem uma maior visibilidade e
legitimidade. Uma barreira que tem dificultado a articulação do desejo homoerótico por parte de muitos. Nesse sentido, o presente trabalho pretende se voltar para o estudo de
alguns poemas produzidos por Renata Pallotini nos anos oitenta. Poemas que tratam, de forma ambígua, uma linguagem sugestiva do desejo homoerótico.

Palavras-chave


desejo homoerótico; ambigüidade; interdição

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v53i0.18861