Open Journal Systems

DESLOCAMENTOS DE SENTIDO DO ENUNCIADO "O PETRÓLEO É NOSSO"

Cristina Teixeira Vieira de Melo

Resumo


Este trabalho volta sua atenção para o deslocamento de sentido do enunciado "O petróleo é nosso" num conjunto de cartas de leitores publicadas nos jornais Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, O Globo e Jornal do Brasil, a respeito de um acontecimento discursivo específico, que ganhou destaque na imprensa nacional no ano de 1995: a greve dos petroleiros. Para analisar tal fato utilizamos o aparato teórico da Escola Francesa da Análise do Discurso, em especial os conceitos de formação discursiva, memória discursiva, interdiscurso e efeito de sentido.

Palavras-chave


Cartas à redação; memória discursiva; sentido

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v57i0.18398