Open Journal Systems

A ARTICULAÇÃO DO TEXTO ARGUMENTATIVO ORAL

Iara Bemquerer Costa

Resumo


Procuramos, com o presente texto, apontar as características mais marcantes do texto argumentativo oral não planejado, observando-o sob dois ângulos. Primeiramente, buscamos identificar sua organização argumentativa e percebemos que ele se caracteriza, pela formulação de uma tese, na qual o falante faz, em geral uma generalização a propósito de alguma questão que o entrevistador lhe propõe. A seguir, expõe seus argumentos para a sustentação da tese. A argumentação encontrada se caracteriza, em geral, pelaapresentação de casos particulares como evidências. Os argumentos se relacionam com a formulação da tese como exemplos, ou ilustrações. Na organização formal dos textos, em geral a tese é formulada logo no início do turno, tendo às vezes sua inserção marcada pelo uso de um marcador conversacional. A passagem da formulação da tese para a apresentação das evidências se dá, normalmente, pela presença do relator porque. Já a progressão ao longo da apresentação dos argumentos é marcada, tipicamente, pelo uso do articulador então.

Palavras-chave


Argumentação; coesão; oralidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/rel.v57i0.18397