Open Journal Systems

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: A PERCEPÇÃO QUE AS VÍTIMAS TÊM DE SEU PARCEIRO, DO RELACIONAMENTO MANTIDO E DAS CAUSAS DA VIOLÊNCIA

Mirian Botelho Sagim, Zélia Maria Biasoli-Alves, Vanessa Delfino, Fabiola Perri Vanturini

Resumo


Atualmente a violência apresenta grande visibilidade, sendo um assunto que interessa a pesquisadores das mais diversas áreas, tendo como objetivo principal identificar suas causas, fatores relacionados e conseqüências, de tal modo a poder estabelecer programas adequados de intervenção. Esta pesquisa, realizada através da análise de documentos, teve por objetivo estudar o conteúdo de Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados de Ocorrência, do ano de 2000, dos arquivos da Delegacia de Defesa da Mulher de Goiás, visando descrever os tipos de violência doméstica contra a mulher registrados, o relacionamento dos casais e características do agressor. Os resultados indicam um total de 210 denúncias de violência física e ameaças, levadas a efeito pelas próprias mulheres, a maioria casada, com filhos e com trabalho remunerado; segundo sua descrição o companheiro é violento e rude e a agride por ciúme e quando bebe. Discute-se tanto a percepção que as mulheres têm da violência sofrida quanto de suas causas e motivos para não dar seqüência ao processo.


Palavras-chave


Violência doméstica; Motivos; Relações familiares; Homem; Mulher; Domestic assault; Reasons; Family relationship; Man; Woman; Violencia Doméstica; Motivos; Relaciones familiares; Hombre; Mujer.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v12i1.8260