Open Journal Systems

ANÁLISE DO MODELO DE GESTÃO DE CASOS PARA PESSOAS EM SITUAÇÃO DE PLURIPATOLOGIA E CUIDADORES FAMILIARES

Ruth Alexandra Castiblanco Montañez, Laura Catherin García Rodríguez, Ana Maria Amador Vargas, Sarita Nicole Pepinosa Lopez, Ana Julia Carrillo Algarra, Sandra Milena Hernández-Zambrano

Resumo


Objetivo: compreender a experiência de Enfermeiros e tomadores de decisão na implementação do modelo de gerenciamento de caso no cuidado a pacientes com PLURIPATOLOGIAs e seus cuidadores familiares. Método: estudo descritivo qualitativo com enfermeiras e profissionais tomadores de decisão, Bogotá - Colômbia. Análise de conteúdo de diários de campo e entrevistas semiestruturadas em 2019-2020. Processamento e análise de dados com ATLASTi. Resultados: participaram seis enfermeiras e dois profissionais tomadores de decisão. Categorias emergentes:
Percepção da enfermagem sobre a temática do cuidado patológico múltiplo e seu meio social; Experiência assistencial de enfermagem no gerenciamento de casos: papéis, contribuições e dificuldades; Implementação do modelo de gestão de casos no contexto colombiano: implementação, efetivação e papel dos profissionais. Conclusões: Os gestores de casos requer experiência e habilidades para se comunicar adequadamente. O gerenciamento de casos melhora a qualidade de vida, a adesão terapêutica, a utilização de serviços de saúde e reduz a sobrecarga.


Palavras-chave


Gestão de caso; Multimorbidade; Enfermagem; Cuidadores; Pesquisa qualitativa.