Open Journal Systems

LETRAMENTO EM SAÚDE DE ADOLESCENTES SOBRE MÉTODOS CONTRACEPTIVOS

Fernando Kleber Martins Barbosa, Aliny Cristiany Costa Araújo, Laura Maria Vidal Nogueira, Ivaneide Leal Ataíde Rodrigues, Lidiane de Nazaré Mota Trindade, Perla Katheleen Valente Corrêa

Resumo


Objetivo: analisar o nível de letramento em saúde de adolescentes acerca de métodos contraceptivos.
Método: estudo descritivo, de natureza quantitativa, realizado com 288 adolescentes de uma escola pública. Os dados foram obtidos com questionário estruturado, autoaplicável, de origem no S-TOPHLA. Foi realizada análise estatística descritiva com o teste Qui-quadrado de Pearson para medir a associação entre o letramento em saúde e a adesão aos métodos contraceptivos, sendo considerando nível de significância de 5% (p<0,05).
Resultados: a média da idade dos participantes foi de 16,9 anos variando de 15 a 19 anos e a análise bivariada indicou associação entre a não adesão aos métodos contraceptivos e o letramento em saúde (p<0,001).
Conclusão: o baixo letramento em saúde identificado neste estudo pode acarretar consequências marcantes na vida do adolescente, com implicações para um futuro pouco promissor em decorrência de mudanças advindas de gravidez não planejada.


Palavras-chave


Anticoncepção; Letramento em saúde; Adolescente; Sexualidade; Educação em saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.72416