O CUIDADO DO ENFERMEIRO À CRIANÇA COM DOR PÓS-OPERATÓRIA: CONSTRUÇÃO DE UM MARCO CONCEITUAL À LUZ DE PATERSON E ZDERAD

Karin Rosa Persegona, Ivete Palmira Sanson Zagonel

Resumo


Estudo que aborda a construção do marco conceitual para o cuidado do enfermeiro à criança com dor pósoperatória envolvendo a família, baseado na teoria de enfermagem humanística de Paterson e Zderad. Temcomo objetivo delinear formas de cuidar pelo entrelaçamento de conceitos que privilegiem o ser humano criança que padece da dor, enquanto recupera-se de procedimento cirúrgico. Resulta que o conceito de enfermagem humanística necessita ser amplamente difundido nas diferentes áreas de atuação da enfermagem, numa perspectiva de valorar o ser humano, sua existência e o significado da experiência de saúde que vivencia.


Palavras-chave


Cuidados de enfermagem; Dor; Modelos de enfermagem; Nursing; Care; Pain; Nursing models; Cuidados de enfermería; Dolor; Modelos de enfermería

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v11i2.6862 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536