BIOÉTICA E ATENÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO DOS PROBLEMAS ÉTICOS VIVIDOS POR ENFERMEIROS E MÉDICOS NO PSF

Luana Torelli da Silva, Elma Lourdes Campos Pavone Zoboli, Ana Luiza Vilela Borges

Resumo


Estudo quantitativo exploratório para identificar e verificar a freqüência dos problemas éticos vividos por enfermeiros e médicos no PSF. Coleta de dados com questionário auto-aplicado, contendo situações geradoras de problemas éticos e escala de quatro pontos para a freqüência. Desrespeito do profissional para com o usuário; problemas relacionados às informações para usuários e famílias e à preservação da privacidade e confidencialidade apareceram na maioria dos questionários, embora com freqüências diferentes. Os resultados indicam que a bioética na atenção básica lida com situações do cotidiano e não com dilemas de maior apelo dramático. A sutileza desse panorama pode levar a não percepção dos problemas, reforçando a necessidade de capacitação dos profissionais em comunicação e acolhimento, para instituir uma atitude ética baseada na cidadania, solidariedade e humanismo.


Palavras-chave


Bioética; Atenção primária à saúde; Programa Saúde da Família; Humanização da assistência; Bioethics; Primary health care; Family Health Program; Humanization of assistance; Bioética; Atención primaria de salud; Programa Salud de la Familia; Humanización

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v11i2.6855 ';





Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico 2176-9133 / ISSN Impresso 1414-8536