CENTRAL DE TELECUIDADO: PERSPECTIVA DE INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM

Tallita Mello Delphino Machado, Rosimere Ferreira Santana, Ana Beatriz Serra Hercules

Resumo


Objetivo: relatar o desenvolvimento e aplicabilidade de uma Central de Telecuidado como
intervenção de enfermagem.
Método: estudo descritivo, do tipo relato de experiência, de um projeto tecnológico financiado
para criação de uma rede de tecnologia da informação e comunicação para acompanhamento por
telefone de adultos e idosos, utilizando um software on-line para realização das intervenções.
Resultados: o sistema de informação possibilitou a intervenção por telefone de forma sistematizada,
bem como o armazenamento dos dados coletados. No exemplo adotado, de seguimento de
facectomia, demonstrou-se a demanda aumentada de orientações no 1º e 4º dia de pós-operatório,
referente ao controle do desconforto, uso do tampão ocular, limpeza do olho operado, utilização
do colírio, uso dos óculos escuros e orientações quanto ao autocuidado.
Conclusão: o acompanhamento por telefone realizado pela enfermeira favorece a continuidade
dos cuidados em domicílio.


Palavras-chave


Telenfermagem; Cuidados de Enfermagem; Informática em Enfermagem; Enfermagem Geriátrica; Saúde do Idoso.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.66666 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133