REIKI NO ALÍVIO DE SINAIS E SINTOMAS BIOPSICOEMOCIONAIS RELACIONADOS À QUIMIOTERAPIA

Sieglinder Larissa Beulke, Luciana Vanucci, Léia Fortes Salles, Ruth Natalia Teresa Turrini

Resumo


Objetivo: verificar o uso do Reiki no alívio dos sinais e dos sintomas biopsicoemocionais relacionados à quimioterapia.
Método: revisão integrativa norteada pela pergunta: A utilização do Reiki pode aliviar alguns sinais e sintomas induzidos pela quimioterapia? A busca foi realizada nas bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), CINAHL, Cochrane, Embase, PubMed e Scopus sem período de restrição até setembro de 2018. Sete artigos atenderam aos critérios de inclusão.
Resultados: reviram-se quatro ensaios clínicos, dois quase-experimentais e um estudo de caso. Os sinais e sintomas mais estudados foram ansiedade, dor, fadiga, estresse, depressão, humor e bem-estar. Pacientes que receberam Reiki relataram melhoria do bem-estar geral, qualidade de vida, dor, depressão, ansiedade, fadiga e humor quando comparados ao grupo controle.
Conclusões: as pesquisas analisadas apresentam evidências que o Reiki pode ser benéfico no alivio dos efeitos colaterais da quimioterapia, o que contribui para mais uma ferramenta para o alívio dos efeitos da quimioterapia.


Palavras-chave


Cuidados de Enfermagem; Revisão; Oncologia; Toque Terapêutico; Terapias Complementares.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v24i0.56694 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133