VALIDAÇÃO DE CONTEÚDO DO PROGRAMA DE VISITA DOMICILIAR PARA A DÍADE MÃE-CRIANÇA

Denise Gonçalves Moura Pinheiro, Thais Pola Baptista Coelho, Cecília Felipe Abreu da Silva, Leticia Aparecida da Silva, Anna Maria Chiesa, Lislaine Aparecida Fracolli

Resumo


Objetivo: validar um programa de cuidado longitudinal para assistir adolescentes na sua primeira gravidez. Método: estudo metodológico de validação de aparência e de conteúdo. Os dados foram coletados pela técnica Delphi, por meio do envio das diretrizes do Programa Jovens Mães Cuidadoras via e-mail. Na análise dos dados, foi utilizado o índice de validade de conteúdo com valor estabelecido de 0,75. Resultados: a amostra foi composta de 11 profissionais, entre os quais sete eram experts de diversas áreas da saúde e quatro eram profissionais exclusivos da área de Enfermagem. No grupo 1, o índice de validade de conteúdo ocorreu dentro do esperado, mas o grupo 2 indicou que os valores descritivos da amostra no que diz respeito ao conteúdo de quatro itens obtiveram índice e concordância abaixo do número previamente estabelecido (75%). Conclusão: O programa de visita foi validado nos aspectos de conteúdo e de aparência. As sugestões feitas pelos juízes foram incorporadas em uma nova redação do Programa e estão disponibilizadas neste relatório.


Palavras-chave


Tecnologia biomédica; Estudos de validação; Promoção da saúde; Visita domiciliar; Enfermagem materno-infantil.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i2.54055

 Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133
 
Siga a Revista Cogitare Enfermagem:
 
 
 
  
 https://www.youtube.com/channel/UC2sNflu71WG2-JzMTHIe9QA?view_as=subscriber