REDE DE ATENÇÃO ÀS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS: PERFIL, DEMANDA E ITINERÁRIO DE ATENDIMENTO DE IDOSOS

Bárbara Cris Skora Antunes, Karla Crozeta, Fernanda de Assis, Maria Cristina Paganini

Resumo


Objetivo: caracterizar o perfil, a demanda e o itinerário de idosos cadastrados em uma Unidade Municipal de Saúde, atendidos na Rede de Atenção às Urgências e Emergências de Curitiba. Método: pesquisa avaliativa, documental, transversal, de abordagem quantitativa, realizada entre agosto de 2015 e junho de 2016, cuja fontes de dados foram Relatórios de Atendimento na Rede e prontuários eletrônicos de usuários com 60 anos ou mais. A análise foi realizada por estatística descritiva. Resultados: identificaram-se 102 idosos que realizaram 160 consultas na Unidade de Pronto Atendimento, 59 (57,8%) eram do sexo feminino, 50 (49%) tinham entre 60 e 69 anos, em 55 (53,9%) a demanda foi considerada “pouco urgente”, e 10 foram internados. Conclusão: observou-se a demanda de usuários devido a agravos comuns de saúde, sendo necessária a reorganização operacional e gerencial da rede, objetivando adequação do atendimento em todos os seus níveis de complexidade.


Palavras-chave


Enfermagem; Atenção primária à saúde; Serviços médicos de emergência; Idoso.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i2.53766 ';



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Em caso de dificuldades ou dúvidas técnicas, faça contato com cogitare@ufpr.br

Cogitare Enfermagem. ISSN Eletrônico: 2176-9133